Top
Grupo se reune em frente a Igreja Santa Cruz das Almas dos Enforcados na Liberdade

Caminhada São Paulo Negra com acelerados do Vale do Dendê

O

Black Bird, plataforma de viagens e representatividade, levou os empresários acelerados pela Vale do Dendê para conhecer a São Paulo negra no último 29 de julho. O tour convidou os empresários para lugares importantes da história dos negros na cidade, como é o caso da Igreja Nossa Senhora Rosário dos Pretos, estátua da mãe preta, no Largo Paissandu, da Igreja Nossa Senhora dos Enforcados, do antigo pelourinho e do antigo Morro da Forca, no bairro da Liberdade. Além disso, personagens negros importantes da história — invisibilizados em vários espaços — foram destacados, como é o caso da escritora Carolina Maria de Jesus e do jornalista, advogado, poeta e patrono da abolição Luiz Gama.

Entre os empresários do Vale do Dendê que fizeram o percurso estão Edilton Lopes e Maili Santos, do Studio Movel Maili Santos, Camila Reis, da Óleos da Mi, além da diretora do filme O Caso do Homem Errado Camila Moraes e da produtora do longa Mariani Ferreira.

Ao chegarem de Salvador, cidade com cerca de 80% de pessoas se declarando negras, em São Paulo, onde 37% da população se declara negra, a primeira impressão deles foi de uma cidade de negócios, branca ou no máximo parda. Mas após a caminhada puderam saber que esses 37% de negros são cerca de 4 milhões de pessoas, fazendo que essa seja a maior população negra em uma cidade no país. E que as histórias negras estão por toda a cidade, no centro e em todas as esquinas (inclusive na Ipiranga com São João, a mais famosa delas), apesar de muitas vezes não serem contadas.

As histórias foram narradas pelo jornalista Guilherme Soares Dias, pela relações públicas Luciana Paulino e pelo fotógrafo e produtor cultural Heitor Salatiel. O registro ficou por conta do fotógrafo Henrique Carrara. O city tour terminou com um almoço com culinária africana no Restaurante Biyou’Z, que tem donos camaroneses e serve pratos de diferentes países do continente. Entre os pedidos estava o peixe que vem inteiro no prato, com casquinha crocante ao molho de cebolas, escoltado por banana-da-terra frita.

Luciana e Guilherme contam as histórias da Sao Paulo Negra

A Vale do Dendê é uma holding social destinada a fomentar ecossistemas de inovação e criatividade com foco em diversidade em Salvador, chamada por eles de “capital criativa” do país. O processo da aceleradora escolheu 30 startups que atuam com a economia criativa e tecnologia, nos segmentos de moda, design de jóias, mobiliário urbano, turismo, tecnologia automotiva, games etc. Todas elas desenvolvem produtos e soluções tecnológicas de baixo custo e elevado impacto social. Atualmente, dez acelerados passam por rodadas de negócios e vieram a São Paulo apresentar suas empresas. A visita ocorreu entre 26 e 29 de julho e terminou com a caminhada realizada pelo Black Bird. Por mais histórias negras e mais conexões!

Venha caminhar conosco também pela São Paulo negra!

Jornalista e amante de viagens. Autor do livro Dias pela Estrada e nômade digital. Adoro inspirar novas viagens e quero ajudar a planejar a sua também.

Publicar Comentário