Top
E quais negros e negras estão viajando e inspirando novas narrativas?

18 viajantes negros para inspirar suas viagens em 2019

Quando fiz a lista de 12 viajantes para inspirar viagens em 2018, eu não imaginava que aquele seria um ano de crescimento tão rápido do número de novos viajantes de cor preta tendo blog, criando agências de viagens, plataformas focadas em turismo étnico e que o movimento do black travel movement (movimento de viajantes negros) criado nos Estados Unidos finalmente iria aportar no Brasil.

E quais negros e negras estão viajando e inspirando novas narrativas? Acredite, o número cresceu tanto que não conseguimos ficar apenas em 12. Confira a lista com 9 brasileiros e outros 9 gringos (aqueles que apareceram em 2018 não entram na desse ano) e comece a segui-los já – nas redes sociais e pelos caminhos percorridos:

1-Bitonga Travel

Grupo formado por quatorze viajantes negras criou o Bitonga Travel (foto no alto da página) no fim de 2018 com a proposta de incentivar mulheres que viajam sozinhas. Idealizado pela viajante Rebecca Aletheia, o projeto tem o objetivo de incentivar mulheres negras a conhecer não só o vasto mundo como também suas próprias cidades. Traz relatos e coberturas de mulheres brasileiras e latino-americanas.

2-Black Bird

Plataforma de turismo e representatividade que busca trazer um olhar inclusivo para o mercado de turismo. Fundada pela relações públicas Luciana Paulino e pelo jornalista Guilherme Soares Dias (responsáveis por essa lista) tem como proposta compartilhar relatos de viajantes negros (com colaborações como da jornalista Thelma Lavagnoli), histórias de lugares e cultura negra, além de inspirar novas narrativas e viagens, com dicas e promoção de roteiros especiais de turismo afro-referenciado.

3-Blacktravelers

Mantido por Carina Santos com a intenção de conectar negros que viajam com a cultura brasileira. A maior parte das fotos mostra afroamericanos no Rio, Salvador, Foz do Iguaçu e Amazônia. Há vários retratos inspiradores e de tirar o fôlego na praia também. É um festival de fotos e gente bonita.

4-Diego Queirozc

Carioca, Diego diz no Instagram que “faz uns vídeos, escreve uns textos e dá umas voltas no mundo”. Viajante nato, ele tem fotos e histórias em lugares como Praga, Madri, Barcelona, Eslovênia, Budapeste, entre outros.  Ele participa ainda da nova temporada do programa “Porta Afora”, de Fábio Porchat e Rosana Hermann que fala sobre viagens. Thamyra Thâmara, do Favelados pelo Mundo, indicada na lista do ano passado, também partipa do programa nesta temporada.

5-O mundo num giro

Mantido pela professora de História e viajante Karin Rozendo de Cabo Frio (RJ), O Mundo Num Giro mostra imagens dos 34 países pelos quais ela já percorreu. Karin põe a cara no sol (com fotos lindas), conta das experiências e dá dicas de lugares como Dinamarca, Amsterdã, Nordeste brasileiro, entre outros.

6- Viajante_sem grana

Mantido por Manoela Zauditu, o perfil traz fotos e confissões da viajante (sem grana), negra, com dreads e linda. Ela diz que vai vendendo miçanga pelos paraísos do Brasil. “Vivo viajando pra lugares e pra dentro de mim!”, descreve. Manoela lançou o livro “Confissões de Viajante (sem grana)” em 2018 e promete novas viagens e histórias em 2019.

7- Ei Mãe tô vivo

Mantido por Willy Barros, que se autodescreve como “o filho desnaturado que foi morar na África aos 17 anos e desde então não consegue mais parar de viajar”, o instagram e o blog trazem histórias de um baiano que vive viajando e já foi para lugares como Cazaquistão, Índia, Uzbequistão. Willy é bonito, engraçado e adora mudar de visual e contar sobre roteiros alternativos.

8-Negras viajam também

Movimento criado para compartilhar fotos de mulheres negras que viajam #negrasviajamtb. Idealizado pela mineira Alessandra Silva. Ela começou a rodar pelo mundo em 2012, quando foi para Austrália e fazer um intercâmbio na Irlanda. Hoje, Alessandra mora na Bélgica e incentiva que outras mulheres negras viajem.

9-Camilla de Lucas

A youtuber carioca Camilla de Lucas posta fotos na praia, exibindo seu corpão e sempre fazendo graça. Camila tem veia cômica, fotos lindas e fez graça nesse ano dizendo que estaria no Big Brother Brasil. Ela integra o coletivo Viagem Preta, que traz fotos de seis influencers negros viajantes. No BBB ou não, vamos ficar de olho nas histórias dela.

INTERNACIONAL

10- The catch me if you can

Dos EUA e Uganda, Jessica Nabongo já viajou 151 dos 195 países do mundo e quer ser a primeira mulher negra a viajar por todos eles. Num Intagram cheio de cores e sorrisos ela vai nos apresentando lugares diferentes e pouco explorados. Escritora, empresária e influenciadora digital, ela busca usar sua história para inspirar outras pessoas a viajar e experimentar o mundo ao seu redor.

11-Glographic

Um arraso. Assim poderia ser definido o Instagram produzido por Gloria Atnmo, blogueira, que já foi destaque na revista Oprah Winfrey, na Forbes e na revista Essense. “A vida é curta, veja o mundo, espalhe alegria” é o lema da produtora de conteúdo que já passou por 73 países. Em todos, ela registra seu sorriso junto a belas paisagens e traz conteúdos informativos. Vale acompanhar o blog dela também

12-Tstmkrsafrica

O perfil Tastemakers Africa conecta pessoas com experiências na África. Há possibilidade de fazer caminhadas, ir ao Afropunk, conhecer arte de rua, andar de bicicleta, provar comidas locais, entre outros. As experiências estão cadastradas no site e podem ser adquiridas por lá.

13-Oneika Traveller

Oneika Raymond é jornalista, produtora de conteúdo sobre viagens, escreve para veículos como Conde Nast Traveler, The Huffington Post, entre outros. Os textos também estão presentes no seu blog. Ela já viajou para 112 países e conta tudo em seu instagram. Oneika é uma das viajantes negras que inspira a baiana Paula Augot, do blog No Mundo da Paula, que esteve presente na lista do ano passado.

14-Black.guys.travel.too

Se em 2018 indicamos o perfil Black Girls Travel Too, neste ano vamos de black guys travel too. É interessante perceber que a maior parte dos perfis de viajantes de cor preta são de mulheres. Nesse são os meninos que ganham vez e tem cada preto lindo em diversos lugares do mundo. A conta é mantida pela agência Mr Travel Goals que também mostra crianças negras pelo mundo e grupo de famílias negras viajando.

15-Black & abroad

Explorar, abraçar, empoderar. Esses são os lemas do Black & Abroad uma das principais plataformas norte-americanas do movimento de negros viajando juntos. “Somos um coletivo cultural dedicado a incentivar e celebrar as viagens negras. Junte-se ao movimento!”, pedem eles no perfil. No site, é possível comprar viagens conjuntas com outras pessoas negras, além de produtos como bonés e camisetas.

16-Blackvoyageurs

“Somos uma comunidade de viajantes africanos ou da diáspora. Compartilhe suas melhores fotos com #blackvoyageurs”, assim se descreve o perfil que traz lindas imagens de viajantes negros. É um dos poucos com legendas e histórias em francês. Produzido pela agência We Travel, plataforma que organiza viagens para a África e países da diáspora africana.

17-Nomadness Tribe

Tribo de viagem nômade. Lifestyle de viagem e comunidade, que organiza roteiros e eventos e convida a comunidade negra a carimbar o passaporte e participar. Ao lado do Black & Abroad e do Travel Noire é a principal plataforma do black travel movement dos Estados Unidos, que reúne viajantes negros.

18- Mzansi Girl

Da sul-africana Merushka Govender, que diz amar seu país, mostra imagens dela pela nação de Mandela. Mzanzi significa “sul” e é usado para definir os nativos da África do Sul Ela começou registrando o país durante a Copa do Mundo de 2010 e segue desvendando lugares que poucas pessoas conhecem ou sabem que existe. Confira o blog aqui.

*Por Guilherme Soares Dias/Colaborou Luciana Paulino

 

Publicar Comentário