Top

uando a gente fala em Harlem é impossível não pensar em cultura negra, afinal esse pedacinho de Nova York foi palco para diversas manifestações culturais e onde viveram artistas como o trompetista Louis Daniel Armstrong. O bairro foi, inclusive, berço para um importante movimento cultural, artístico e social chamado Harlem Renaissance, na primeira metade do século 20. Nomes como a escritora Zora Neale Hurston usavam